A influência de Alphonse Mucha nos sapatos Sugoi Shoes

Atualizado: 27 de Dez de 2020

Coleção reverencia a chegada da primavera, com inspiração nos cartazes do pintor checo

Cartaz publicitário: F. Champenois Imprimeur-Éditeur (1897)

A moda e a arte andam lado a lado, juntinhas, coladas e sempre foi assim. A arte é a mãe da moda, do design, do belo e gráfico e também é ligada a moral e qualidade de vida.

O último lançamento da Sugoi Shoes, a sapatilha Ballerina Mucha, traz um revival ao grande arista precursor da Art Nouveau, cartazista e ilustrador Alphonse Mucha (1860-1939).

Sapatilha Sugoi Mucha, inspirações de Art Nouveau, detalhes em prata envelhecida e muitas linhas curvas.

Mucha teve seu reconhecimento como artista em Paris, no final dos anos 1890por seus cartazes de teatro criados para a atriz Sarah Bernhardt, seus anúncios em produtos (aqui no Brasil foi fortemente inspirado para a criação dos rótulos da Perfumaria Granado), bem como seus elegantes painéis decorativos.

Princesse Hyacinthe (1911) – Alphonse Mucha

“Os cartazes foram uma boa forma de levar informação ao público em geral. As pessoas podiam parar e ver os pôsteres a caminho do trabalho, obtendo satisfação espiritual. As ruas se tornaram exposições de arte ao ar livre” – Alphonse Mucha

Alphonse Mucha se interessou pelas artes desde criança. Com 11 anos começou a cantar no coro na Catedral de São Pedro em Brünn, Morávia. Começou a pintar como retratista e consegue frequentar a Academia de Belas Artes de Munique.

Em 1888 executa seus primeiros trabalhos de lustrações para revistas. Em 1892, juntamente com Georges Rochegrosse, ilustra a obra Scénes et épisodes de l’histoire d’Allemagne, do historiador Charles Seignobos.

Dá para imaginar que isso é uma propaganda de biscoito?